sexta-feira, 16 de março de 2018

''Sua existência é uma censura às nossas ideias''


4ª Semana da Quaresma - Sexta-feira 
Primeira Leitura (Sb 2,1a.12-22) 
Responsório (Sl 33) 
Evangelho (Jo 7,1-2.10.25-30) 

Na primeira leitura escutamos as conjurações dos ímpios contra a vida do justo e, no santo Evangelho vimos como a mesma impiedade se manifesta na perseguição dos judeus a Nosso Senhor Jesus Cristo. <Sua existência é uma censura às nossas ideias, basta sua vida para nos importunar (Sb 2,12)>; o bem e o mal, a verdade e a mentira, não podem conviver; os escravos do demônio sempre mobilizarão suas hostes contra o justo; assim foi e assim será na totalidade de todos “onde” e “quando”. Porém, diante de tal perseguição não deve o justo acovardar-se, antes precisa colocar sua confiança em Deus, implorar sua proteção e as graças para manter-se no caminho da justiça, e então no tempo oportuno Deus o glorificará e extirpará da face da terra a herança dos ímpios, como ocorreu no tempo do diluvio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário