segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

''E todos quantos o tocavam ficavam curados''


5ª Semana do Tempo Comum - Segunda-feira
Primeira Leitura (1Rs 8,1-7.9-13)
Responsório (Sl 131)
Evangelho (Mc 6,53-56)

No dia de hoje o santo Evangelho trata das curas de Jesus. Assim como percorreu as estradas de Genesaré curando os enfermos, ainda hoje Cristo vem em socorro de nossas enfermidades. Por meio da Igreja por ele instituída, o quanto não se desenvolveu a ciência médica? Pensemos na fundação dos hospitais, nas centenas de Santas Casas de Misericórdia espalhadas pelo país, é Cristo que continua a curar-nos usando dos instrumentos humanos de sua Igreja! Mas, tantas vezes, a ciência humana não basta! E então, de modo admirável e extraordinário, o Senhor continua a agir, lembremo-nos dos numeráveis milagres ao longo de toda a história. Além das doenças do corpo, existem também as doenças da alma, nestes tempos modernos há uma verdadeira pandemia de doenças espirituais: as paixões desordenadas imperam e escravizam os homens, obscurecem nosso entendimento, colocam obstáculos a nossa vontade, e nos afastam de Deus; mas também e, sobretudo, estas doenças espirituais é que Nosso Senhor Jesus Cristo vem curar: por meio do Sacramento da Confissão, Ele restabelece em nós a vida na graça; por sua doutrina Ele ilumina nosso entendimento; por meio da oração, nossa vontade é ordenada e dirigida segundo os desígnios Divinos.

Rezemos pelos doentes, doentes do corpo e de alma, para que sejam curados pelo Divino Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário