terça-feira, 24 de outubro de 2017

Reflexões da Sagrada Escritura: Vigiemos!



29ª Semana do Tempo Comum - Terça-feira 
Primeira Leitura (Rm 5,12.15b.17-19.20b-21) 
Responsório (Sl 39,7-8a. 8b-9. 10. 17 (R. Cf 8a.9a)) 
Evangelho (Lc 12,35-38)

1. Cristo é o novo Adão, por meio dele Deus iniciou uma nova Criação. Se por Adão, a morte entrou no mundo, em Cristo é nos dado a vida. Deixemos morrer o velho homem, e que o novo homem, nasça, deixamos Cristo agir em nós, e por meio de sua graça, prosseguir e completar a obra de suas mãos.

2. No salmo cantamos: "— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!" não basta obedecer o Senhor, mas é preciso fazer com prazer, com alegria. Deus é bom, misericordioso, e não rigorista "sacana" e distante como pensava Lutero. Os mandamentos não são proibições arbitrárias, mas palavras de amor, que visam nossa felicidade e salvação. Alegremo-nos!

3. Ainda no salmo, continuamos a cantar: "— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados (...)"; diante disto podemos pensar, então, não é para fazer penitência? Na verdade é esta uma interpretação errada. A penitência é o primeiro passo, é o preparar nosso corpo, ordenar nossa carne e nossa alma, afim de que esta esteja atenta e vigilante aos desígnios do Senhor, daí então, com os ouvidos abertos, poderemos discernir e obedecer a Vontade Divina. Os atos de mortificação e penitência são o começo, um instrumento para nos tornarmos dóceis ao Senhor. De nada adiantaria a mais rígida ascese externa, se no interior não nos dobrarmos diante do Senhor, se não discernirmos e obedecermos Sua Vontade, em cada momento em que se apresenta, nas mais misteriosas e cotidianas circunstâncias.

4. No Evangelho estamos diante do ensinamento da vigilância. O Cristão deve ser vigilante, vigilante para escutar os sussurros do Divino Espírito, para socorrer Cristo que passa, Cristo escondido no irmão e nas circunstâncias da vida diária. O católico deve ter sempre está atitude vigilante, não pode se acomodar, não pode se acostumar com esse mundo, não pode viver uma vidinha burguesa!

Pensemos também no que ocorreu no Getsêmani, onde o Senhor encontrava-se lutando contra uma grande tentação, imerso em grande agonia, e seus apóstolos dormiam...

Vigiemos.

5. Hoje é também dia de Santo Antônio Maria Claret, incansável servo do Senhor. Santo, missionário, bispo, autor de mais de 150 livros, grande devoto da Virgem Maria e propagador da devoção ao seu Imaculado Coração, santo Antônio Maria Claret foi também alvo dos inimigos da Igreja, sofrendo nada menos que 15 atentados.

Santo Antônio Maria Claret, rogai por nós, sobretudo por aqueles nossos irmãos que são perseguidos por seu amor ao Reino!

Nenhum comentário:

Postar um comentário