quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Estamos em Guerra (Cultural) !

Uma coisa que já passou da hora dos católicos brasileiros se tocarem é o fato de que estamos em guerra: 

<Quem não sabe que estamos em guerra? Quem não sabe que os bárbaros estão as nossas portas, ou melhor já passaram por elas, escrevendo os roteiros dos filmes, programas de TV, livros didáticos para o ensino público e decisões judiciais? Só os que habitam a bolha lunar da academia ou a bolha lunar do establishment da educação religiosa com seus inaproveitáveis profetas que clamam ‘’paz, paz’’, quando não há paz. São os que compõe aquelas medonhas canções de ninar, bobocas e progressistas, que suportamos sob o rótulo de ‘’hinos contemporâneos’’. [1]

Uma guerra cultural se trava diante de nossos olhos, uma cultura laicista e anti-cristã com amplo apoio politico e midiático luta para calar os cristãos; para reduzir nossa influência política e cultural na sociedade e, se nada for feito obterão sucesso.

A luz deste contexto, comento aqui um fato recente que se deu na Espanha, a prefeita esquerdista de Madri iniciou sua agenda de laicizar o natal, silenciando qualquer menção religiosa nas decorações públicas. 

<Carmena decidiu, como no ano passado, enfeitar a Puerta de Alcalá somente com símbolos natalinos que não são considerados religiosos.

(…)

Segundo informa ‘OKDIARIO’, Manuela Carmena declarou a respeito da sua decisão da proibição de presépios que o município deseja continuar tendo “um Natal para todos e onde haja todas as visões de Natal”. [2] >

Diante de tal ato o que os católicos espanhóis fizeram? Ficaram quietinhos como ovelhinhas mansas? Não! Como valentes cruzados, protestaram contra esse ato iníquo.

Simplesmente centenas de madrilenhos levaram seus presépios ao local e publicaram fotos nas redes sociais em protesto os disparates da prefeita:


<Muitos madrilenos colocam a cada dia o seu presépio na Puerta de Alcalá como sinal de protesto e compartilham as fotos no Twitter com a hahstag #PontuBelenPuertadeAlcala. [2]>

Que a coragem e inteligencia de nossos irmãos de Madri sirva de exemplo também para nós católicos do Brasil. Como eles, não nos acovardemos diante das hostes laicistas que atentam contra a religião, mas lutemos para defender nossa Fé com as armas politicas, culturais e espirituais que temos.

_________________________________
[1] KREEFT, Peter. Como Vencer a Guerra Cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário